home office

7 passos para criar um home office que favoreça a concentração

Ao montar um ambiente em casa, é preciso pensar na sua função e em como cada camada decorativa deve ser trabalhada para favorecer esse uso, ao mesmo tempo que cumpre certa estética. Podemos ver esse conceito em ação claramente quando pensamos em um home office.

Um espaço desses exige que certos cuidados para que seu usuário mantenha a concentração e possa focar no trabalho e nos estudos. Isso pode ser alcançado seguindo alguns passos simples.

1. Escolha o local ideal

Escolha o local ideal
Lindo quarto com mesa do lado da cama, ótimo para quem faz home office. O piso Avelana Champagne, da linha Mediterrânea, deixou o ambiente mais aconchegante o que ajuda na concentração

Precisa ser um lugar silencioso, sem distrações, bem iluminado e com boa conexão com a Internet. Se houver a possibilidade de dedicar um ambiente todo ao home office, como transformar um quarto desocupado, seria o melhor. Se não for possível, é possível criar um canto no quarto.

A sala não é tão indicada, pois é o ambiente com mais tráfego de pessoas e maior incidência de barulho da casa.

2. Cores e aromas ajudam na concentração

Todos os elementos da decoração de um cômodo atuam em conjunto para afetar a pessoa que está nele. Isso significa que camadas sensoriais, como cores, barulhos e cheiros, também causam impacto e são importante na criação de um home office.

Não existe uma cor única que aumenta a concentração de uma maneira mágica, mas é possível estimular mais o cérebro com certas combinações. O amarelo, por exemplo, é um tom estimulante, que ajuda a ativar o sistema nervoso central, assim como o laranja.

Do outro lado do espectro das cores, alguns tons frios também são indicados para a criação de um home office, como o azul ou o verde. Eles são mais relaxantes e acalmam o corpo, o que é ideal para quem terá longas sessões de estudo e trabalho.

Outro elemento que ajuda na concentração é o cheiro do ambiente. Com o uso da aromaterapia, é possível criar um espaço mais preparado para evitar dispersão e procrastinação.

Aromas como patchouli, alecrim, laranja e gengibre são particularmente indicados para um home office, pois ajudam a equilibrar a mente e a estimular o processo intelectual. Faça um aromatizador caseiro e use esse truque para ter maior concentração!

3. Invista em boa iluminação

Quarto moderno revestido com o piso Urbana Cinza e com janelas amplas e muita iluminação natural, ótima para quem vai estudar ou trabalhar

Para quem vai estudar e trabalhar, é importante ter uma fonte abundante de luz. Além de ajudar a ler melhor, uma boa iluminação ajuda a evitar problemas de saúde nos olhos, pois não causa a necessidade de ficar forçando a vista para enxergar o que está escrito em um livro ou no computador, por exemplo.

Crie múltiplos pontos de uma luz branca, clara e nítida. Durante o dia, o melhor a fazer é aproveitar a luz natural do sol. Isso significa janelas amplas o suficiente para iluminar o espaço durante o máximo de tempo possível.

Quando a noite chega, é importante ter o espaço bem iluminado com pontos de luz. Também vale criar uma iluminação mais próxima da mesa, como um abajur.

É importante que essa iluminação artificial não seja quente para não criar um espaço desconfortável, especialmente em meses ou lugares onde a temperatura já é mais elevada. Por isso, o recomendado é usar lâmpadas LEDs que não transmitem calor.

4. Móveis confortáveis

Excelente espaço no quarto para quem está estudando ou trabalhando, o piso Parquet Marfim, da linha Lenho, deixou o ambiente em perfeita harmonia junto com os móveis em madeira

Quem vai estudar para o vestibular, um concurso ou simplesmente para adquirir novos conhecimentos para a carreira ou a vida, costuma ficar focado nisso por uma quantidade razoável de tempo. As sessões de estudo podem durar uma, duas, três, quatro horas ou mais, dependendo de cada caso e disposição. No trabalho, a jornada costuma ter oito horas.

Por isso, é importante ter em mente o conforto da pessoa que está usando esse espaço e evitar ao máximo causar danos para a sua saúde ao ficar longos períodos ali.

Na prática, isso significa adquirir móveis ergonômicos, como uma cadeira confortável, uma mesa com altura adequada para não forçar a coluna, a já citada iluminação para não causar problemas de visão.

Além disso, é recomendado durante o dia fazer algumas pausas para a realização de alguns exercícios físicos leves (como um alongamento, por exemplo) para evitar danos prolongados como LER ou câimbras. Portanto, é recomendado deixar algum espaço livre para que a pessoa possa executar essa rotina.

5. Organização

Quem está estudando tende a se perder no tempo e nos próprios livros, cadernos e anotações. Porém, se isso permanecer por muito tempo, a qualidade das sessões de estudo pode decair muito. No trabalho, também é fácil deixar a bagunça tomar conta. Material de escritório, computador, agenda, caderno, pastas, contas a pagar… A lista de itens que podem se acumular sobre a mesa é grande.

Portanto, o planejamento de um home office precisa contar com caixas organizadoras, estantes, nichos e prateleiras para que seja possível organizar tudo. Isso é especialmente verdadeiro caso o home office seja dividido com outra função, como em um quarto ou sala.

6. Anote tudo

Escrever as tarefas e ideias num papel pode ajudar a aumentar a eficiência. Aposte num quadros de avisos ou simplesmente num quadro-negro, para escrever, fazer anotações ou colar post-its.

Outros objetos importantes do home office são cadernos, blocos de notas, canetas e itens de escritório em geral. É importante ter um espaço para armazená-los.

7. Decore com criatividade e personalidade

Itens de decoração e boa iluminação para ajudar na concentração

Por fim, o último passo para criar um bom home office é finalizar o projeto com alguns toques pessoais criativos e que reflitam a personalidade de quem ocupará aquele espaço. Lembre-se de que a regra de ouro da decoração é juntar estética com funcionalidade na hora de escolher os objetos.

Por exemplo, uma boa ideia é inserir quadros com frases motivacionais, especialmente se o ambiente for para um adolescente que quer passar no vestibular ou algum adulto que está estudando para um concurso ou aprimoramento na carreira.

Outro recurso interessante é um calendário com lindas imagens. Talvez fones de ouvido possam ajudar, se vierem acompanhados de uma playlist que ajude a pessoa a se concentrar .

Um dos segredos para conseguir se concentrar por mais tempo é limitar ao máximo possível o tempo gasto no celular. Os aparelhos móveis são verdadeiros consumidores de atenção e podem transformar qualquer pessoa em um procrastinador. Existe hora e lugar para usar um celular e esse é um aparelho que não tem espaço em um bom home office.