O que incluir na obra para tornar a casa mais sustentável? Confira!

Sustentabilidade é mais do que uma palavra da moda. É uma estratégia real para criar ambientes mais agradáveis para as pessoas trabalharem, passearem e morarem — e garantir que eles continuem existindo no futuro. Uma casa sustentável é um lugar em mais sintonia com a natureza e, portanto, um lugar melhor para se viver.

Mais importante, sustentável significa preservar recursos e o ambiente para as próximas gerações. Neste artigo, você vai conhecer as principais estratégias para construir uma casa sustentável e por que vale a pena investir nisso. Confira!

Vantagens de uma casa sustentável

Uma casa mais sustentável ou ecológica é aquela que agride menos o meio ambiente e permite aos moradores usufruir os recursos naturais da própria casa, em vez de consumi-los de fora.

  • Entre as características de uma casa sustentável, estão:
  • preservação e economia de energia e água;
  • menos desperdício de materiais e recursos;
  • vegetação para controle térmico e maior absorção de água pelo solo.

Construir uma casa sustentável é uma excelente estratégia para valorizar seu imóvel. Dessa forma os melhores escritórios de arquitetura, hoje em dia, levam a sustentabilidade em conta em todos os seus projetos. Existe, ainda, um benefício adicional à preservação do meio ambiente: reduzir as contas de água e luz da sua casa.

Como construir uma casa sustentável

A sustentabilidade não exige alta tecnologia ou materiais importados. Ela pode ser implementada em qualquer reforma ou em uma casa nova com alguns cuidados simples. Confira algumas dicas.

Dê atenção às janelas

Na hora de construir uma casa nova, fique atento ao formato e à disposição das janelas. Elas devem ser colocadas de forma a aproveitar ao máximo a luz do sol, reduzindo a necessidade de acender lâmpadas durante o dia.

Janelas grandes e bem posicionadas, além de permitirem mais luz, auxiliam na ventilação. Dessa maneira auxilia a reduzir o uso de ar-condicionado ou de ventiladores.

Instale painéis de energia solar

Os painéis fotovoltaicos estão cada vez mais comuns em casas e condomínios no Brasil. Eles permitem a captação de energia solar e sua conversão em eletricidade. Em número suficiente e ligados à rede elétrica da sua cidade, os painéis podem abastecer outras residências e você pode ser remunerado por isso.

Funciona assim: os painéis são conectados à rede da companhia elétrica que abastece sua cidade. Como eles geram mais energia do que a casa consome durante o dia, o que sobra é vendido para a companhia. A diferença é posteriormente abatida na conta da luz em forma de créditos. Em condomínios populares em Goiás, por exemplo, a instalação dos painéis reduziu a conta de luz em 80%.

Colete água da chuva

Calhas, cisternas e tanques podem ser usados para captar água da chuva. Essa mesma água pode, em seguida, ser usada para lavar o jardim, o carro, a calçada, a sujeira dos cachorros ou mesmo na descarga dos vasos sanitários.

Use vasos de acionamento duplo

O vaso sanitário comum tem apenas um tipo de descarga, usada tanto para dejetos líquidos quanto sólidos. Como resultado, resulta em grande desperdício de água porque o volume necessário para limpar o vaso é diferente para cada uso.

Vasos de caixa acoplada com acionamento duplo têm dois botões: um para descarga de três litros e o outro, de seis. Quando o vaso é usado apenas para resíduos líquidos, aciona-se o botão de menor capacidade, poupando metade da água a cada uso.

Instale aeradores nas torneiras

O aerador é um dispositivo simples que faz a água sair da torneira em pequenos furos, como um chuveiro. Ele não afeta a capacidade da torneira de lavar a louça, mas resulta em grande economia de água.

Uma casa sustentável é mais fresca, mais bem iluminada, mais agradável de se viver e, ainda, um imóvel mais valorizado. Considere nossas dicas em sua próxima reforma ou obra e torne sua casa mais sustentável.

Quais são os materiais básicos para a construção de uma casa?

Toda construção ou reforma, não importa o tamanho, deve passar por algumas fases importantes. Há a escolha do terreno, produção do projeto arquitetônico e a comprado material de construção. Mas até que todo o projeto tenha sido finalizado, para que o local possa ser pintado, revestido e limpo, tem um caminho que deve ser percorrido.

E neste post nós vamos falar mais especificamente sobre os materiais de construção básicos que não podem faltar durante uma obra. Se você quer ter uma noção para poder se planejar, vem com a gente!

Para começar é bom você saber que uma obra de construção passa por quatro fases:

  1. Estrutura
  2. Alvenaria
  3. Cobertura
  4. Acabamento

Na estrutura é onde é levantada a sustentação e o que vai dar estabilidade para a construção.

Alvenaria é o conjunto de tijolos, pedras e blocos das paredes, além dos muros e alicerces.

Cobertura, como o nome sugere é a parte responsável por proteger o local e dar conforto térmico e acústico da obra.

E para finalizar, o acabamento onde são são colocados os revestimentos,forros, metais e quando é feita a pintura.

Vamos explicar o que cada fase irá precisar, olha só:

Estrutura

Formada pela fundação, pilares vigas e lajes. É a parte onde se deve tomar mais cuidado, porque um erro coloca em risco toda a obra. Por isso os materiais de construção devem ser de qualidade. Aqui você vai precisar de cimento, argamassa, blocos de concreto, areia, pedra brita, formas de madeiras, vergalhões, pregos, escoras, etc.

Alvenaria

Pode ser a convencional ou estrutural, mas ambas cumprem o mesmo papel. Entre os materiais de construção que você vai precisar estão novamente cimento, areia e blocos de concreto ou tijolos. Além de caixas de luz, tubos de PVC, quadro de distribuição, argamassa, reboco, entre outros.

Cobertura

Você não quer ficar ao relento não é mesmo? Então precisa de um telhado! Os materiais para construir um são as telhas, madeira, vigões, pregos, caixa d’água, calhas, rufos, caibros, manta térmica, etc.

Acabamento

Essa fase reúne muitas tarefas juntas, como o revestimento de pisos, paredes e forro, além da passagem da fiação e a pintura. Provavelmente, é aqui onde você precisará comprar mais tipos de materiais de construção. Para terminar a construção e dar todo o acabamento, os materiais vão desde a argamassa para assentar os revestimentos internos e externos, até os pincéis e rolos de pintura, tinta, janelas, portas e interruptores. E não podemos esquecer de toda a parte de decoração, que também entra como acabamento.

A nossa dica é fazer uma lista com todos os materiais de construção que serão necessários para a construção da casa antes de começar.

Isso vale para uma reforma também.

O chato é que no decorrer da obra, talvez, você tenha que fazer mais listas e precisar de mais materiais de construção.

 

Como mudar os ambientes utilizando cores

O poder do efeito visual

A pintura é capaz de transformar os ambientes não só pela beleza e estilo que ela proporciona, mas também pelos seus efeitos visuais. Na hora de colocar a mão na massa e colorir as paredes, é importante pensar em qual sensação você quer transmitir através daquele cômodo. Para te ajudar nesse processo, separamos um passo a passo com todos os detalhes.

Ampliar o ambiente

Se o cômodo que você está pensando em renovar tem um tamanho reduzido, opte por um efeito de amplitude. Nesse caso utilize uma cor só, inclusive no teto. Assim, pintando todas as paredes da mesma tonalidade, o resultado é um ambiente visualmente maior. A cor Amêndoa é ótima para quem quer fugir do branco clássico, sem perder o toque neutro.

Alongar o ambiente

Para proporcionar ao espaço profundidade, as paredes podem ser pintadas de uma cor única. Nossa cor Terra Roxa é sinônimo de elegância. Na hora de pintar o teto, opte por um tom diferente e mais claro, pois é exatamente essa nuance que cria o efeito de alongamento.

Destacar apenas uma parede

Outra técnica de pintura que transmite charme e estilo, é destacar um único ponto do ambiente. Basta pintar a parede que você quer dar destaque de um tom diferente dos demais. Nossa cor Elefante é super versátil e sempre vai bem com qualquer ambiente, perfeita para dar um realce delicado no espaço.

Rebaixar o teto

Já pensou em colorir o teto da sua casa? O efeito visual é completamente inusitado, além de ajudar a “reduzir” o pé direito. Para alcançar esse resultado, pinte o teto de um tom diferente do que você escolheu para as suas paredes, preferencialmente com cores mais escuras. A Estrada de Terra é uma ótima cor para quem é fã de tons terrosos.

A tinta que disfarça imperfeições na parede

Para criar esses efeitos visuais com uma cobertura incrível, use a nossa tinta Suvinil Fosco Completo. Seu acabamento fosco ajuda a disfarçar as pequenas imperfeições na parede, como leves ondulações e problemas de nivelamento, permitindo que você arrisque nas técnicas de pintura sem medo! Para evitar a sujeira no processo de pintura, ela possui um aditivo com baixo respingamento.

Que tal investir nessas dicas e transformar a sua decoração de um jeito único e inovador? 😉

A diferença entre cerâmicas com acabamento brilhante, mate e externo

A cerâmica é um revestimento extremamente democrático, que atende a todos os gostos, estilos e vontades. Além dos formatos, estampas e texturas, é possível escolher entre acabamentos brilhante, mate e externo.

Essa decisão pode ser estética, mas também técnica, já que ambientes molhados ou externos precisam de acabamentos específicos. É isso mesmo: realmente há uma cerâmica para cada pessoa, cada projeto e cada cômodo.

Só existe um problema nisso tudo: e se você escolher uma opção quando, na verdade, deveria ter escolhido outra? Pensando justamente nisso, resolvemos elaborar este guia para mostrar as diferenças entre os tipos de acabamento de cerâmica e como usar cada um nos seus projetos pessoais. Vamos lá?

Cerâmica esmaltada

Varanda revestida com dois produtos de acabamento mate: Avelana Ambar, da linha Mediterrânea, na parede, e Bianco Gioia, da linha Clássica, no piso

Antes de falar dos acabamentos, é importante entender que eles valem para a cerâmica esmaltada. A cerâmica esmaltada, como o próprio nome indica, recebe uma camada de esmalte na sua finalização. Esse material atua como impermeabilizante da peça.

Na prática, a cerâmica esmaltada absorve menos água que outros tipos do mesmo revestimento. Por causa disso, é um revestimento mais fácil de limpar e suja com menos frequência.


Tipos de acabamento

Brilhante

No piso do banheiro, é fundamental apostar no acabamento mate, menos escorregadio. Já a parede, pode ser brilhante. O Travertino Roma Branco, da linha Clássica, tem as duas opções

Provavelmente, as cerâmicas brilhantes são as mais famosas. Como refletem bastante luz, suas cores ficam bem destacadas e ainda oferecem um pouco de iluminação indireta para o ambiente onde estão instaladas. O brilho dessas peças pode ser alcançado pela aplicação de uma camada de esmalte brilhante.

Sua principal característica é que a peça precisa ser muito lisa para ser brilhante. Por causa disso, é muito escorregadia, não indicada para o piso de ambientes onde pode entrar em contato com a água, como o banheiro ou a cozinha. Já na parede desses espaços é mais que possível aplicar a cerâmica brilhante.

Um exemplo de utilização da cerâmica brilhante da Pointer é a linha Clássica. Como reproduz mármores, o brilho tem efeito bonito e realista — uma ótima opção para paredes molhadas de cozinhas ou banheiros.

Mate

As reproduções em cerâmica de concreto e ladrilho hidráulico ficam mais realistas no acabamento mate. Aqui, Urbana Branco e Prisma Mix, da linha Singular

A cerâmica mate é aquela que não brilha. Por causa disso, costuma apresentar uma textura um pouco mais áspera que as peças polidas. Essa textura específica e a falta de brilho fazem com que a cerâmica mate seja muito utilizada para peças que se propõem a reproduzir materiais foscos, como madeira ou pedra. Também existem peças desse tipo que são brilhantes, mas o toque fica mais característico com a peça mate.

Avelana Ambar, da linha Mediterrânea, é um exemplo de madeira Pointer com acabamento Mate. Uma linda opção para a varanda. Para os amantes de mármore, a linha Clássica oferece peças tanto no acabamento brilhante, mais característico do material, mas também no mate, para revestir pisos de banheiros e cozinhas.

Externo

Na área de lazer, o ideal é que seja revestida com cerâmica de acabamento externo como Varanda Canela, da linha Lazer, pois é um revestimento duradouro e que proporciona uma maior segurança com sua textura mais áspera e de maior aderência

Existe um tipo de cerâmica que é feito exclusivamente para ser colocado na parte externa da casa, pois é um revestimento duradouro em relação às intempéries da natureza. Também identificadas pelo símbolo EXT, essas peças resistem ao escorregamento.

Sua textura é bem mais áspera que o normal, proporcionando uma maior aderência e diminuindo o risco de escorregamento e quedas. É um tipo de cerâmica perfeito para ser usado em varandas, jardins, rampas e outras partes externas da casa. Para esses espaços, a linha Lazer da Pointer é uma ótima escolha, pois traz várias opções com acabamento externo.

Se você se interessou em usar cerâmica na sua casa e já decidiu qual dos tipos é o mais recomendado para você ou mesmo se ainda precisa de uma ajudinha para escolher, entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar!

home office

7 passos para criar um home office que favoreça a concentração

Ao montar um ambiente em casa, é preciso pensar na sua função e em como cada camada decorativa deve ser trabalhada para favorecer esse uso, ao mesmo tempo que cumpre certa estética. Podemos ver esse conceito em ação claramente quando pensamos em um home office.

Um espaço desses exige que certos cuidados para que seu usuário mantenha a concentração e possa focar no trabalho e nos estudos. Isso pode ser alcançado seguindo alguns passos simples.

1. Escolha o local ideal

Escolha o local ideal
Lindo quarto com mesa do lado da cama, ótimo para quem faz home office. O piso Avelana Champagne, da linha Mediterrânea, deixou o ambiente mais aconchegante o que ajuda na concentração

Precisa ser um lugar silencioso, sem distrações, bem iluminado e com boa conexão com a Internet. Se houver a possibilidade de dedicar um ambiente todo ao home office, como transformar um quarto desocupado, seria o melhor. Se não for possível, é possível criar um canto no quarto.

A sala não é tão indicada, pois é o ambiente com mais tráfego de pessoas e maior incidência de barulho da casa.

2. Cores e aromas ajudam na concentração

Todos os elementos da decoração de um cômodo atuam em conjunto para afetar a pessoa que está nele. Isso significa que camadas sensoriais, como cores, barulhos e cheiros, também causam impacto e são importante na criação de um home office.

Não existe uma cor única que aumenta a concentração de uma maneira mágica, mas é possível estimular mais o cérebro com certas combinações. O amarelo, por exemplo, é um tom estimulante, que ajuda a ativar o sistema nervoso central, assim como o laranja.

Do outro lado do espectro das cores, alguns tons frios também são indicados para a criação de um home office, como o azul ou o verde. Eles são mais relaxantes e acalmam o corpo, o que é ideal para quem terá longas sessões de estudo e trabalho.

Outro elemento que ajuda na concentração é o cheiro do ambiente. Com o uso da aromaterapia, é possível criar um espaço mais preparado para evitar dispersão e procrastinação.

Aromas como patchouli, alecrim, laranja e gengibre são particularmente indicados para um home office, pois ajudam a equilibrar a mente e a estimular o processo intelectual. Faça um aromatizador caseiro e use esse truque para ter maior concentração!

3. Invista em boa iluminação

Quarto moderno revestido com o piso Urbana Cinza e com janelas amplas e muita iluminação natural, ótima para quem vai estudar ou trabalhar

Para quem vai estudar e trabalhar, é importante ter uma fonte abundante de luz. Além de ajudar a ler melhor, uma boa iluminação ajuda a evitar problemas de saúde nos olhos, pois não causa a necessidade de ficar forçando a vista para enxergar o que está escrito em um livro ou no computador, por exemplo.

Crie múltiplos pontos de uma luz branca, clara e nítida. Durante o dia, o melhor a fazer é aproveitar a luz natural do sol. Isso significa janelas amplas o suficiente para iluminar o espaço durante o máximo de tempo possível.

Quando a noite chega, é importante ter o espaço bem iluminado com pontos de luz. Também vale criar uma iluminação mais próxima da mesa, como um abajur.

É importante que essa iluminação artificial não seja quente para não criar um espaço desconfortável, especialmente em meses ou lugares onde a temperatura já é mais elevada. Por isso, o recomendado é usar lâmpadas LEDs que não transmitem calor.

4. Móveis confortáveis

Excelente espaço no quarto para quem está estudando ou trabalhando, o piso Parquet Marfim, da linha Lenho, deixou o ambiente em perfeita harmonia junto com os móveis em madeira

Quem vai estudar para o vestibular, um concurso ou simplesmente para adquirir novos conhecimentos para a carreira ou a vida, costuma ficar focado nisso por uma quantidade razoável de tempo. As sessões de estudo podem durar uma, duas, três, quatro horas ou mais, dependendo de cada caso e disposição. No trabalho, a jornada costuma ter oito horas.

Por isso, é importante ter em mente o conforto da pessoa que está usando esse espaço e evitar ao máximo causar danos para a sua saúde ao ficar longos períodos ali.

Na prática, isso significa adquirir móveis ergonômicos, como uma cadeira confortável, uma mesa com altura adequada para não forçar a coluna, a já citada iluminação para não causar problemas de visão.

Além disso, é recomendado durante o dia fazer algumas pausas para a realização de alguns exercícios físicos leves (como um alongamento, por exemplo) para evitar danos prolongados como LER ou câimbras. Portanto, é recomendado deixar algum espaço livre para que a pessoa possa executar essa rotina.

5. Organização

Quem está estudando tende a se perder no tempo e nos próprios livros, cadernos e anotações. Porém, se isso permanecer por muito tempo, a qualidade das sessões de estudo pode decair muito. No trabalho, também é fácil deixar a bagunça tomar conta. Material de escritório, computador, agenda, caderno, pastas, contas a pagar… A lista de itens que podem se acumular sobre a mesa é grande.

Portanto, o planejamento de um home office precisa contar com caixas organizadoras, estantes, nichos e prateleiras para que seja possível organizar tudo. Isso é especialmente verdadeiro caso o home office seja dividido com outra função, como em um quarto ou sala.

6. Anote tudo

Escrever as tarefas e ideias num papel pode ajudar a aumentar a eficiência. Aposte num quadros de avisos ou simplesmente num quadro-negro, para escrever, fazer anotações ou colar post-its.

Outros objetos importantes do home office são cadernos, blocos de notas, canetas e itens de escritório em geral. É importante ter um espaço para armazená-los.

7. Decore com criatividade e personalidade

Itens de decoração e boa iluminação para ajudar na concentração

Por fim, o último passo para criar um bom home office é finalizar o projeto com alguns toques pessoais criativos e que reflitam a personalidade de quem ocupará aquele espaço. Lembre-se de que a regra de ouro da decoração é juntar estética com funcionalidade na hora de escolher os objetos.

Por exemplo, uma boa ideia é inserir quadros com frases motivacionais, especialmente se o ambiente for para um adolescente que quer passar no vestibular ou algum adulto que está estudando para um concurso ou aprimoramento na carreira.

Outro recurso interessante é um calendário com lindas imagens. Talvez fones de ouvido possam ajudar, se vierem acompanhados de uma playlist que ajude a pessoa a se concentrar .

Um dos segredos para conseguir se concentrar por mais tempo é limitar ao máximo possível o tempo gasto no celular. Os aparelhos móveis são verdadeiros consumidores de atenção e podem transformar qualquer pessoa em um procrastinador. Existe hora e lugar para usar um celular e esse é um aparelho que não tem espaço em um bom home office.

Tinta Lavável para uma casa bem cuidada

Manter o ambiente limpo e livre de sujeiras proporciona uma sensação muito mais agradável aos olhos. E já imaginou o quanto seria bom ter praticidade no momento da limpeza da sua casa?

Nós sabemos que as manchas indesejadas na parede causam desarmonia na decoração. Elas, geralmente, são ocasionadas por marcas de insetos, de cadeiras e até mesmo marcas de mão. Quem tem criança em casa sabe bem como é ter que lidar com rabiscos e desenhos espalhados pelos corredores.

Acreditamos que pintar é valorizar o que a gente ama. Porque quando cuidamos da nossa casa, estamos cuidando da nossa história. E para esse cuidado ficar sempre em dia, temos Suvinil Limpeza Total, a tinta que é fácil de limpar:

> Por ser suavemente fosca, ela disfarça pequenas imperfeições da sua parede.

> Não há necessidade de uma nova demão de tinta para cobrir as manchas do dia a dia que deixam as paredes com um aspecto deselegante e imperfeito. Com Limpeza Total, esse desconforto pode ser resolvido com uma limpeza breve, utilizando um pano úmido e detergente neutro, fazendo simples movimentos circulares. Isso torna tudo mais fácil!

Gostou de conhecer os benefícios de optar por uma tinta fácil de limpar?

Agora é só dizer adeus pra sujeira e abrir as portas pra uma casa cheia de cores vivas. 🙂

Como usar tinta com papel de parede

Usar papel de parede na decoração traz um charme a mais. Ousar nas estampas enche a casa de personalidade, principalmente se combinada com cores nas outras paredes.

Em parceria com a Branco Papel de Parede criamos composições de papéis e tintas utilizando tons complementares e transformando as cores em verdadeiras protagonistas. São inúmeras misturas que transbordam estilo. Descubra algumas das combinações que você pode fazer:

Estampas de folhagem trazem a natureza para dentro de casa, a mistura da cor quentão com o papel de parede é uma ótima forma de substituir uma cabeceira.

Usar tons próximos dá uma sensação de continuidade e profundidade para o papel geométrico.

Como preparar a parede?

Preparar a parede com tinta é um passo importante para ter um melhor resultado ao colar o papel e deixá-lo bem lisinho, sem imperfeições. Para essa etapa a Suvinil Clássica é a escolha ideal para quem busca praticidade na hora de aplicar e retocar as paredes, pois possui alta cobertura e não deixa cheiro.

O uso da tinta ajuda a nivelar as diferenças de tons da área a ser aplicada, melhora a aderência e facilita a retirada do papel, o que é importante principalmente para imóveis alugados. Basta aplicar pelo menos uma demão antes de colar o papel de parede, e se preparar para arrasar na decoração!

Use sua criatividade e abuse do Lousa & Cor

Sabe quando a gente tem vontade de escrever na parede? Ou deixar um bilhete para alguém? São nesses momentos que a gente lembra de Suvinil Lousa & Cor, que conta com mais de 300 opções de cores para que você brinque com a sua criatividade e crie ambientes que estão sempre em mudanças. É fácil de aplicar como uma tinta comum, mas tem um efeito de lousa surpreendente.

O Lousa & Cor permite a criação de vários cenários para um só ambiente. Assim, você pode sempre transformar sua casa em um lugar novo com a sua cara. Fazer desenhos, deixar recados para sua família, para as visitas… Prático, né?

A tinta lousa é bastante usada em cozinhas, porque você pode fazer anotações de receitas, por exemplo. Bem legal para quem gosta de cozinhar! Mas se você gosta de organizar o dia a dia, também funciona bem como quadros de avisos e tarefas. E claro, para desenhar também. Não existem regras para usar a tinta lousa. Você pode usar em outros ambientes, como nos quartos – em especial o das crianças, estimulando a criatividade e deixando elas livres para rabiscar.

Fonte: Sunivil

Ideias para pintar portas de madeira e mais

Portas coloridas são um amor à primeira vista. Depois de um dia corrido no trabalho, chegar em casa e ser recebido com boas vibrações é um abraço que renova as energias.

E pintar essa mudança é fácil, seja em portas de madeira ou metal.

“Temos feito muitos apartamentos com o Hall privativo na mesma cor da porta de entrada. O Hall é seu cartão de visita, então, por que não ousar? Dê vida a ele! Uma outra dica legal que podemos dar é pintar um corredor e suas portas com uma cor diferente. Você não imagina a diferença que isso pode ter na sua casa. Quer fazer algo sem gastar muito? Use cor!”

A tinta Suvinil Esmalte Seca Rápido, por exemplo, é um esmalte feito para pintar madeiras, metais e outras superfícies. E o melhor: sem deixar cheiro. Você pinta e no mesmo dia você pode fechar as portas e as janelas.

E se a primeira impressão é a que fica, por que não pensar em uma cor que tem tudo a ver com você para receber suas visitas?
Sua casa agradece. 🙂

Fonte: Suvinil